#Sagas "A Guerra dos Primos", de Philippa Gregory


Série histórica de sucesso da autora britânica Philippa Gregory, A Guerra dos Primos (ou The Cousins' War) é ambientada na Guerra das Rosas ─ ou Guerra das Duas Rosas ─, uma série de lutas dinásticas pelo trono da Inglaterra, ocorridas ao longo de trinta anos (1455-1485) de forma intermitente, durante os reinados de Henrique VI, Eduardo IV e Ricardo III. Em campos opostos encontravam-se as casas de York e de Lencastre (ou Lancaster), ambas originárias da dinastia Plantageneta e descendentes de Eduardo III, rei da Inglaterra entre 1327 e 1377. Gregory conta a história dos Plantageneta, a família de complexas rivalidades, amores e ódio que precedeu os Tudor.

A Rainha Branca (1464) conta a dramática história de Elizabeth Woodville, que se casou com o rei Eduardo IV em segredo. A Rainha Vermelha (1453) traz à vida a história de Margaret Beaufort, herdeira da rosa vermelha de Lancaster. A Senhora das Água (430) é a história de Jaquetta Woodville, mãe da Rainha Branca. A Filha do Fazedor de Reis (1465) é a história de Anne Neville, filha caçula do cruel conde de Warwick, a mais poderoso magnata da Inglaterra do século XV. The White Princess (1485) nos traz a história de Elizabeth de York, filha de Eduardo IV da Inglaterra e de Elizabeth Woodville, e mais tarde esposa de Henrique VII e mãe de Henrique VIII. The King's Curse (1499) é a história de Margaret Pole, condessa de Salisbúria, filha de George Plantageneta, primeiro duque de Clarence, e Isabel Neville.

Em 2013 foi ao ar pelas emissoras BBC One (Reino Unido) e Starz (EUA) o primeiro episódio da minissérie britânica intitulada The White Queen, que adaptou A Rainha Branca, A Rainha Vermelha e A Filha do Fazedor de Reis, com 10 episódios. Mais tarde naquele ano, o jornal Telegraph disse que o Starz estava desenvolvendo uma sequência para The White Queen: The White Princess, baseado na obra de mesmo nome. A novidade só foi ser confirmada por Philippa Gregory em agosto de 2015. Em 2016 o piloto foi aprovado, e a adaptação estrelada por Jodie Comer (My Mad Fat Diary, Lady Chatterley's Lover) terá oito episódios, com transmissão em 2017.


#1 A Rainha Branca (2012)
Título original: The White Queen (2009)
Editora: Touchstone/Record
Tradução: Ana Luiza Borges
Gêneros: Histórico, ficção histórica, romance
Este volume é o #3 em ordem histórica cronológica.

Sinopse
Em A Rainha Branca, Philippa revisita a Guerra das Rosas, que opôs a Casa de York, simbolizada pela rosa branca, à Casa de Lancaster, da rosa vermelha. Um conflito que colocou irmão contra irmão, num jogo de assassinatos, traições e vilezas.

Aqui, ela conta a história de Elizabeth Woodville. Filha de uma família nobre do campo, ela se vê desamparada quando o marido é morto no campo de batalha. Com dois filhos pequenos, ela decide recorrer ao jovem rei para reaver suas propriedades, usurpadas pela família do marido. Porém, após despertar a atenção do monarca, os dois apaixonam-se e casam-se em segredo, e Elizabeth ascende à realeza. E perigo, morte e perfídia passam a ser constantes em sua vida.

A trama ganha dramaticidade junto com os esforços da Rainha da Casa de York para proteger seus filhos mais novos, herdeiros do trono inglês. Mas após seu marido ser assassinado, nada evita que eles sejam sequestrados pelo tio, Ricardo III, e acabem trancados na Torre de Londres. E se transformem em um dos mistérios mais intrigantes da história: o sumiço dos príncipes permanece um acontecimento que confunde os pesquisadores há séculos.


#2 A Rainha Vermelha (2013)
Título original: The Red Queen (2010)
Editora: Touchstone/Record
Tradução: Ana Luiza Borges
Gêneros: Histórico, ficção histórica, romance
Prêmios: Goodreads Choice Award Nominee for Historical Fiction (2010)

Sinopse
Neste segundo volume da série Guerra dos Primos, a Inglaterra está prestes a enfrentar uma guerra civil. O rei, Henrique VI de Lancaster, apresenta os primeiros sinais de loucura, e a linhagem dos duques de York assume o trono. Herdeira da antiga casa real, cujo símbolo é uma rosa vermelha, Margaret Beaufort acredita que um grande destino a aguarda. Viúva aos 15 anos, ela decide dedicar sua vida solitária a pôr o filho, Henrique Tudor, no trono, e para isso estabelece alianças perigosas e lidera uma das maiores rebeliões de seu tempo. Um romance repleto de paixões e traição, A Rainha Vermelha traz de volta à vida a matriarca dos Tudor, uma mulher determinada que acredita que, sozinha, pode mudar o curso da história.


#3 A Senhora das Águas (2014)
Título original: The Lady of the Rivers (2011)
Editora: Touchstone/Record
Tradução: Ana Luiza Borges
Gêneros: Histórico, ficção histórica, romance
Este volume é o #1 em ordem histórica cronológica.

Sinopse
É o auge da Guerra dos Cem Anos, e os territórios ingleses na França encontram-se sob ameaça. Jacquetta de Luxemburgo não imagina que terá um papel fundamental na política inglesa. Descendente de Melusina, a deusa das águas, ela tem a capacidade de prever o futuro. Após ficar viúva do duque de Bedford, ela se casa com Richard Woodville, seu fiel escudeiro. Depois de sofrer muito preconceito, ela acaba se tornando amiga da rainha mas sua lealdade não mantém a Casa de Lancaster no trono: o rei cai doente e Ricardo, duque de York, ameaça se rebelar contra o reino. Nomeada Lady Rivers, ela vive conforme seus princípios, mas uma visão pode mudar tudo: um futuro inesperado para a filha Elizabeth, uma mudança de destino, o trono da Inglaterra e a rosa branca de York.


#4 A Filha do Fazedor de Reis (2015)
Título original: The King Maker's Daughter (2012)
Editora: Touchstone/Record
Tradução: Patrícia Cardoso
Gêneros: Histórico, ficção histórica, romance

Sinopse
Richard Neville, conde de Warwick, é conhecido como “Fazedor de Reis”, o homem mais poderoso da Inglaterra no século XV. Sem filhos nem herdeiros, ele usa suas filhas, Anne e Isabel, como peões em seus jogos políticos. No entanto, apesar de seus esforços, vê sua influência reduzida na corte de seu antigo amigo e aliado, Eduardo IV.

Assim, Anne, antes uma criança encantadora, se torna uma mulher corajosa ao acompanhar seu pai Henrique numa guerra contra o rei da Inglaterra e colocando o herdeiro de Henrique VI no trono, com quem Anne é casada. Porém a jovem logo se vê sozinha, pois seu marido morre e sua família está distante.

Então, ela acaba se casando com Ricardo, duque de Gloucester e levando-a novamente ao centro das intrigas da corte. Ao mesmo tempo que sua escolha poderá colocá-la em conflito com outros integrantes da família real, ela fará com que a maior ambição de seu pai se realize: ascender ao trono inglês.


#5 A Princesa Branca (Previsão 2016)
Título original: The White Princess (2013)
Editora: Touchstone/Record
Gêneros: Histórico, ficção histórica, romance

Sinopse traduzida
Em algum lugar além da costa da Inglaterra, um pretendente passa em revista o exército. Ele afirma ser irmão da rainha, e o verdadeiro herdeiro do trono. Mas é ele o menino perdido enviado para o desconhecido por sua mãe, a Rainha Branca? Ou um contrafeito príncipe ─ um plebeu inimigo de Henrique Tudor e de sua esposa, princesa de York?

Quando Henrique Tudor pegou a coroa da Inglaterra da lama de Bosworth Field, soube que teria de se casar com a princesa da casa rival ─ Elizabeth de York ─ em um esforço para unificar um país dividido pela guerra por aproximadamente duas décadas.

Mas sua esposa ainda estava apaixonada por seu inimigo ─ e sua mãe e metade da Inglaterra ainda sonhavam com um herdeiro desaparecido e um retorno triunfal para a Casa de York.

A nova Rainha Elizabeth tem de decidir se pode ficar por um rei cujo apoio e coragem estão desmoronando diante de seus olhos. Ela tem que escolher entre Tudor e York, entre seu novo marido e o menino que declara ser seu amado irmão perdido: a rosa de York finalmente voltou para casa.


#6 The King's Curse (2014)
Tradução do título: A Maldição do Rei
Editora: Simon & Schuster
Gêneros: Histórico, ficção histórica, romance
Prêmios: Goodreads Choice Award Nominee for Historical Fiction (2014)

Sinopse traduzida
Esta é uma história da deposta real Margaret Pole, e sua visão única da estratosférica ascensão ao poder do rei Henrique VIII na Inglaterra dos Tudor.

Margaret Pole gasta sua jovem vida lutando para libertar seu irmão, preso como uma criança, da Torre de Londres. A torre ─ símbolo da usurpação Tudor do trono de sua família ─ assombra os sonhos de Margaret até o dia que seu irmão é executado sob as ordens de Henrique VII.

Considerada como mais uma ameaça para a volátil reivindicação do rei Henrique VII ao trono, Margaret está enterrada em um casamento com um seguro e típico apoiador Tudor ─ Sir Richard Pole, governador de Gales. Mas a vida tranquila e secreta de Margaret muda para sempre com a chegada de Arthur, o jovem príncipe de Gales, e sua bela noiva, Catarina de Aragão, tão logo Margaret se torna uma confiável conselheira e amiga do casal em lua de mel.

O destino de Margaret, como uma herdeira dos Plantageneta, não é para uma vida nas sombras. A tragédia lança-a para a pobreza e a rebelião contra a nova família real, com sorte a restaura ao seu lugar na corte, onde ela se torna a principal dama de companhia da rainha Catarina e vê o domínio da rainha espanhola sobre o marido, e sua queda. Conforme o jovem rei se torna cada vez mais paranoico de rivais, ele volta sua temerosa atenção para Margaret e sua família real.

Em meio à rápida deterioração da corte dos Tudor, Margaret deve escolher se sua lealdade é para com o rei cada vez mais tirânico, Henrique VIII, ou para sua amada rainha e princesa. Presa entre o velho mundo e o novo, Margaret tem que encontrar seu próprio caminho e ocultar seu conhecimento de uma antiga maldição em todos os Tudors, que está lentamente se tornando realidade...

Book Trailer




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.